A CANOA SOLAR NA AMAZÔNIA QUE AJUDA COMUNIDADES A NAVEGAR SEM GASOLINA

15 de maio de 2018

Desde abril de 2017, uma canoa alimentada por energia solar percorre 67 km pelos rios Capahuari e Pastaza. Ela liga cerca de mil pessoas divididas em nove assentamentos isolados que vivem em suas margens.

“Meus pais e meus avós sonharam com isso. O sonho é uma mensagem. Os achuar conhecem pelos sonhos. O sonho não é mentira, é a verdade”, diz Hilario Saant, um ancião de Kapawi.

A canoa se chama Tapiatpia em homenagem a um lendário peixe-elétrico da área, e é o primeiro sistema fluvial comunitário solar da Amazônia.

Esse modelo de transporte sustentável que percorre o território por suas rotas ancestrais, os rios, não só materializa um antigo sonho: também responde ao desejo profundo dessa cultura de viver em harmonia com o meio ambiente.

O projeto ainda está em sua etapa inicial, mas se for bem-sucedido, tem o potencial de ser implementado em outros rios da Bacia Amazônica — um ecossistema que vem sendo ameaçado pelo desmatamento e pela exploração petroleira, e de cujo futuro o clima do planeta depende.

Tecnologia de ponta, desenho ancestral

“A canoa solar é uma solução ideal para esse lugar, porque aqui não há rede de rios navegáveis interconectados, e há uma grande necessidade de transporte alternativo”, explica à BBC Mundo o americano Oliver Utne, que deu vida ao projeto Kara Solar (Kara significa “sonho” em achuar), depois de conviver com a comunidade durante anos.

“Como a gasolina só pode chegar aqui por avião, custa cinco vezes mais que no resto do país”, explica. É um luxo que não se podem dar. Por outro lado, a ameaça de chegada de estradas a esse território, um dos lugares com maior biodiversidade do mundo, está muito presente.

“Trazê-las até aqui significaria a destruição dessa biodiversidade e produziria um impacto muito forte nessas culturas”, argumenta o jovem de pouco mais de 30 anos, cabelos loiros e olhos azuis que os achuar tratam como mais um da família.

Com um teto de 32 painéis solares sobre uma canoa tradicional de 16 metros de comprimento e dois de largura, Tapiatpia encarna a fusão da tecnologia moderna com o conhecimento ancestral.

Feita com fibra de vidro em vez de madeira, para estender sua vida útil, a canoa tomou emprestado o desenho de embarcação típica dos indígenas cofanes do norte do Equador. Depois de vários estudos de navegabilidade, foi o modelo que melhor se adaptou às condições amazônicas.

As rotas, os horários, o porto central e outros assuntos relativos a seu funcionamento foram decididos pelas próprias comunidades com ajuda da “Plan Junto”, uma organização que se encarrega do aspecto comunitário do empreendimento.

“De nada serve o barco se não houver um grupo de gente pensando em como usá-lo e como aproveitá-lo”, explica Celia Salazar, gerente de operações de campo de Plan Junto.

*Kara Solar é um projeto conjunto dos achuar, a Fundação ALDEA (sigla em espanhol para Associação Latino-americana para o Desenvolvimento Alternativo) e Plan Junto. Esta série da BBC foi produzida com financiamento da Fundação Skoll.

Fonte: G1
Postado originalmente em 23 de abril de 2018

Comércio investe em energia solar para cortar despesas

Empresários apostam em painéis solares para reduzir custos e se tornar mais competitivos no mercado. Minas lidera ranking de potência […]...

SAIBA MAIS

Califórnia passa a exigir energia solar em novas residências

A maioria das novas residências a serem construídas a partir do dia 1 de janeiro de 2020, na Califórnia (EUA), […]...

SAIBA MAIS

APRENDA COMO ZERAR SUA CONTA DE ENERGIA ELÉTRICA!

Melhor do que nós falarmos sobre a satisfação dos nossos clientes é abrirmos espaço aqui no blog para um consumidor […]...

SAIBA MAIS

DÚVIDAS SOBRE ENERGIA SOLAR? A PROSOLAR RESPONDE!

O momento é de decisão: você se interessou bastante pela possibilidade de ter um sistema de geração de energia solar […]...

SAIBA MAIS

Fique por dentro das novidades

A Prosolar traz para você um fluxo contínuo das principais novidades sobre energia solar no Brasil e no mundo. Deixe seu e-mail, escolha a periodicidade que deseja ser impactado e seja muito bem vindo a esse novo mundo.